Os protestos provocaram indignação em países como Iraque, Irã e Líbano, mas o país não tem lei contra blasfêmia e proteção à liberdade de expressão.

Recentes profanações públicas do Alcorão por um punhado de ativistas anti-islâmicos na Suécia provocaram uma reação furiosa em países muçulmanos e levantaram questões sobre por que tais atos são permitidos.

No último incidente, um iraquiano que vive na Suécia na quinta-feira pisou e chutou o livro sagrado do Islã em uma manifestação de dois homens do lado de fora da Embaixada do Iraque em Estocolmo. O protesto foi autorizado pela polícia sueca, que manteve um punhado de contra-manifestantes a uma distância segura.

O mesmo iraquiano queimou um Alcorão do lado de fora de uma mesquita de Estocolmo no mês passado em um protesto semelhante que foi aprovado pela polícia.

Manifestações foram planejadas para sexta-feira no Irã, Iraque e Líbano contra os protestos mais recentes na Suécia. O primeiro-ministro iraquiano, Mohammed Shia al-Sudani, também ordenou a expulsão do embaixador sueco do Iraque e a retirada do encarregado de negócios iraquiano da Suécia.

Aqui está uma olhada em como as autoridades suecas têm lidado com os protestos em seu país.

A profanação do Alcorão é permitida na Suécia?

Não há lei na Suécia que proíba especificamente a queima ou profanação do Alcorão ou de outros textos religiosos. Como muitos países ocidentais, a Suécia não tem nenhuma lei de blasfêmia.

As autoridades suecas podem impedir tais atos?

Muitos países muçulmanos pediram ao governo sueco que impeça os manifestantes de queimar o Alcorão. Mas na Suécia cabe à polícia, não ao governo, decidir se autoriza manifestações ou reuniões públicas.

A liberdade de expressão é protegida pela constituição sueca. A polícia precisa citar motivos específicos para negar uma permissão para uma manifestação ou reunião pública, como riscos à segurança pública.

A polícia de Estocolmo negou dois pedidos de protestos de queima do Alcorão em fevereiro, citando avaliações do Serviço de Segurança Sueco de que tais atos poderiam aumentar o risco de ataques terroristas contra a Suécia. Mas um tribunal posteriormente anulou essas decisões, dizendo que a polícia precisa citar ameaças mais concretas.

A queima do Alcorão pode ser considerada discurso de ódio?

A lei de discurso de ódio da Suécia proíbe o incitamento contra grupos de pessoas com base em raça, etnia, religião, orientação sexual ou identidade de gênero.

Alguns dizem que queimar o Alcorão constitui incitação contra os muçulmanos e deve ser considerado discurso de ódio. Outros dizem que tais atos visam a religião do Islã, e não os praticantes, e a crítica à religião deve ser coberta pela liberdade de expressão.

Buscando orientação do sistema de justiça, a polícia sueca apresentou acusações preliminares de crime de ódio contra o homem que queimou o Alcorão do lado de fora de uma mesquita em Estocolmo em junho e profanou o livro sagrado do Islã novamente na quinta-feira. Cabe aos promotores decidir se o indiciarão formalmente.

As autoridades suecas estão destacando os muçulmanos e o Alcorão?

Alguns muçulmanos na Suécia que ficaram profundamente feridos pelas recentes queimas do Alcorão questionaram se a polícia sueca permitiria a profanação de livros sagrados de outras religiões.

Um homem muçulmano aparentemente decidiu colocar isso à prova e pediu permissão para realizar um protesto no último sábado em frente à embaixada de Israel, no qual ele disse que pretendia queimar a Torá e a Bíblia.

Embora funcionários do governo israelense e grupos judaicos tenham condenado o ato planejado e pedido às autoridades suecas que o interrompam, a polícia aprovou o pedido do homem. No entanto, uma vez no local, o homem desistiu de seus planos.

Como a blasfêmia é vista em outras partes do mundo?

A blasfêmia é criminalizada em muitos países. Uma análise do Pew Research Center descobriu que 79 países e territórios dos 198 estudados tinham leis ou políticas nos livros em 2019 que proibiam a blasfêmia, definida como “discurso ou ações consideradas desdenhosas a Deus ou a pessoas ou objetos considerados sagrados”. Em pelo menos sete países – Afeganistão, Brunei, Irã, Mauritânia, Nigéria, Paquistão e Arábia Saudita – ele carregava uma possível sentença de morte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Nove pessoas tentando entrar nos EUA pelo Canadá são resgatadas de um pântano subcongelante

Cruzamentos de migrantes na fronteira canadense disparam Várias agências de emergência e…

Acidente de trem na Índia causado por erro no sistema de sinalização, diz autoridade

Um erro no sistema de sinalização eletrônica levou a o descarrilamento do…

VÍDEO: ASSISTA: Ucranianos desviam de bombas e balas para resgatar cães e gatos presos em enchentes

Depois que a represa em Nova Kakhovka, no sul da Ucrânia, explodiu…

Caso misterioso de morte de ouriços-do-mar no Caribe foi resolvido por cientistas

Parecia haver uma praga mortal à espreita sob as águas azuis cristalinas…

VÍDEO: Assista: calor chega a 46°C em Valência, na Espanha

Atualizado: 10/08/2023 – 20:42 Onda de calor atinge Valência, no leste da…

Deportar os invasivos “hipopótamos da cocaína” de Pablo Escobar da Colômbia tem um preço alto

A Colômbia disse na quarta-feira que está avançando no transferência de 70…

Repórter investigativo turco Baris Pehlivan condenado à prisão – via mensagem de texto

Mesmo em um país que detém regularmente o recorde mundial de prisão…

VÍDEO: ASSISTA: Serviço de Emergência da Ucrânia divulga imagens das consequências de Zaporizhzhia

Atualizado: 10/08/2023 – 13:08 Em imagens divulgadas pelo Serviço de Emergência da…

O Talibã prende o proeminente ativista educacional afegão Matiullah Wesa, fundador da organização Pen Path

Afeganistão regime talibã prendeu um conhecido ativista educacional esta semana por seu…

Coroação do rei Carlos III apresentará fragmentos da “Cruz Verdadeira” oferecida pelo Papa Francisco

Aproxima-se a coroação do rei Carlos III Papa Francisco deu ao rei…

Turista americano baleado na perna em cidade turística na costa caribenha do México

Novos detalhes surgem no caso de sequestro no México Um turista americano…

Turista mexicano é morto a tiros durante assalto na cidade turística de Tulum

Um turista mexicano foi morto a tiros no resort de Tulum, na…

Por trás da fabricação do café panamenho de US$ 100 a xícara

O Panamá produz alguns dos melhores cafés do mundo, mas nenhuma bebida…

Polônia planeja enviar 10.000 soldados na fronteira com a Bielorrússia como ‘dissuasão’

O membro da OTAN alertou recentemente sobre a ameaça representada pelos mercenários…

“Peixe mais profundo do mundo” capturado pela câmera pela primeira vez por cientistas – mais de 27.000 pés abaixo da superfície

Uma grande iniciativa de pesquisa para explorar criaturas do fundo do mar…

8 detidos em ataques antiterroristas de âmbito nacional na Bélgica

Bruxelas — Policiais da Bélgica prenderam oito pessoas durante operações de contraterrorismo…

Veja: Como estão a ser gastos os fundos da UE e se é suficientemente transparente?

Nesta edição de Bruxelas, meu amor?, discutimos tudo sobre o dinheiro da…

Relembrando o jornalista assassinado George Polk

Relembrando o jornalista assassinado da CBS, George Polk Relembrando o jornalista assassinado…

Protestos na França mostram sinais de esfriamento

Protestos na França mostram sinais de esfriamento – CBS News Assista as…

O presidente francês Emmanuel Macron se volta para Xi Jinping da China para pressionar pelas negociações de paz Rússia-Ucrânia

Paris — Em uma visita de Estado à China, o presidente francês…