As negociações entre o Azerbaijão e a Armênia sobre Nagorno-Karabakh foram realizadas em Bruxelas no sábado, quando a Rússia propôs organizar uma cúpula em Moscou para recuperar o controle do processo de paz.

Nagorno-Karabakh, uma região com população majoritariamente armênia, mas reconhecida internacionalmente como parte do Azerbaijão, está no centro de uma disputa territorial entre Baku e Yerevan que levou a duas guerras.

O presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, e o primeiro-ministro armênio, Nikol Pashinyan, se reuniram em Bruxelas sob os auspícios do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

O Ministério das Relações Exteriores da Armênia disse que as discussões se concentraram em particular “no agravamento da crise humanitária em Nagorny Karabakh” e que ambos os lados “concordaram em intensificar o trabalho destinado a resolver os problemas existentes”.

“Nossas trocas foram mais uma vez francas, honestas e substanciais”, disse Michel em um breve comunicado ao final da reunião.

Ele encorajou os dois líderes “a tomar medidas corajosas para garantir um progresso decisivo e irreversível em direção à normalização”.

“Por uma questão de prioridade, a violência e a retórica dura devem cessar para criar um ambiente propício às negociações de paz.”

Ele anunciou sua intenção de organizar uma nova reunião com Aliyev e Nikol Pashinyan em Bruxelas após o verão, bem como uma discussão a cinco no início de outubro em Granada, no sul da Espanha, com o presidente francês Emmanuel Macron e o chanceler alemão Olaf Scholz, à margem da próxima cimeira da Comunidade Política Europeia.

Na quarta-feira, Washington – que já realizou reuniões entre Baku e Yerevan em maio e junho – pediu a restauração da livre circulação no Corredor Lachin, a única estrada que liga a Armênia a Nagorno-Karabakh.

A estrada foi fechada na terça-feira pelo Azerbaijão sob a alegação de “contrabando” pelo ramo armênio da Cruz Vermelha. Yerevan está preocupado com o agravamento da crise humanitária em Nagorno-Karabakh há vários meses, devido ao acesso cada vez mais difícil à região.

Pashinyan denunciou o que chamou de “bloqueio” ilegal de Nagorny Karabakh na quinta-feira, e vários milhares de pessoas se manifestaram em Stepanakert, a principal cidade da região, na sexta-feira, pedindo a Baku que reabra a rota.

Na sexta-feira, a Cruz Vermelha conseguiu retomar as evacuações médicas de Nagorno-Karabakh para a Armênia.

Cúpula proposta em Moscou

O envolvimento dos países ocidentais, principalmente da UE, na região cresceu desde que a Rússia lançou sua invasão em grande escala da Ucrânia.

No outono de 2020, Moscou patrocinou o acordo de cessar-fogo no final de uma guerra de seis semanas que viu a derrota das forças armênias, a morte de mais de 6.000 pessoas e o deslocamento de mais de 90.000 pessoas para a Armênia.

As forças armênias foram então forçadas a ceder partes de Nagorno-Karabkah ao Azerbaijão.

A Rússia prometeu enviar soldados para garantir a liberdade de movimento entre a Armênia e Karabakh, mas Yerevan acusou Moscou de falhar nessa tarefa.

No sábado, em um esforço para recuperar o controle do processo, Moscou se ofereceu para sediar uma reunião no nível do ministro das Relações Exteriores, sugerindo que o futuro tratado de paz poderia ser assinado em Moscou.

A Rússia está pronta “para organizar uma reunião trilateral de ministros das Relações Exteriores em Moscou em um futuro próximo”, enfatizou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia em um comunicado.

Moscou também está se oferecendo para sediar “uma cúpula Rússia-Azerbaijão-Armênia no devido tempo para assinar o acordo relevante [peace] tratado.”

Mas, por enquanto, as tensões aumentaram um pouco.

O Ministério da Defesa do Azerbaijão afirmou no sábado que os separatistas armênios estão produzindo “interferência radioelétrica dirigida contra os sistemas de navegação GPS de companhias aéreas locais e estrangeiras” voando no Azerbaijão.

“Esses incidentes representam uma séria ameaça à segurança da aviação”, afirmou o ministério em comunicado.

Segundo a fonte, em 13 de julho, um avião da Azerbaijan Airlines em um voo para a cidade de Fizuli, em Nagorno-Karabakh, sofreu uma falha no sistema de GPS devido a suspeita de interferência.

As autoridades separatistas armênias rejeitaram essas acusações, chamando-as de “mentira absoluta”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Nove pessoas tentando entrar nos EUA pelo Canadá são resgatadas de um pântano subcongelante

Cruzamentos de migrantes na fronteira canadense disparam Várias agências de emergência e…

Acidente de trem na Índia causado por erro no sistema de sinalização, diz autoridade

Um erro no sistema de sinalização eletrônica levou a o descarrilamento do…

VÍDEO: ASSISTA: Ucranianos desviam de bombas e balas para resgatar cães e gatos presos em enchentes

Depois que a represa em Nova Kakhovka, no sul da Ucrânia, explodiu…

VÍDEO: Assista: calor chega a 46°C em Valência, na Espanha

Atualizado: 10/08/2023 – 20:42 Onda de calor atinge Valência, no leste da…

Caso misterioso de morte de ouriços-do-mar no Caribe foi resolvido por cientistas

Parecia haver uma praga mortal à espreita sob as águas azuis cristalinas…

Repórter investigativo turco Baris Pehlivan condenado à prisão – via mensagem de texto

Mesmo em um país que detém regularmente o recorde mundial de prisão…

Deportar os invasivos “hipopótamos da cocaína” de Pablo Escobar da Colômbia tem um preço alto

A Colômbia disse na quarta-feira que está avançando no transferência de 70…

VÍDEO: ASSISTA: Serviço de Emergência da Ucrânia divulga imagens das consequências de Zaporizhzhia

Atualizado: 10/08/2023 – 13:08 Em imagens divulgadas pelo Serviço de Emergência da…

Turista americano baleado na perna em cidade turística na costa caribenha do México

Novos detalhes surgem no caso de sequestro no México Um turista americano…

Polônia planeja enviar 10.000 soldados na fronteira com a Bielorrússia como ‘dissuasão’

O membro da OTAN alertou recentemente sobre a ameaça representada pelos mercenários…

O Talibã prende o proeminente ativista educacional afegão Matiullah Wesa, fundador da organização Pen Path

Afeganistão regime talibã prendeu um conhecido ativista educacional esta semana por seu…

Coroação do rei Carlos III apresentará fragmentos da “Cruz Verdadeira” oferecida pelo Papa Francisco

Aproxima-se a coroação do rei Carlos III Papa Francisco deu ao rei…

Turista mexicano é morto a tiros durante assalto na cidade turística de Tulum

Um turista mexicano foi morto a tiros no resort de Tulum, na…

Por trás da fabricação do café panamenho de US$ 100 a xícara

O Panamá produz alguns dos melhores cafés do mundo, mas nenhuma bebida…

Protestos na França mostram sinais de esfriamento

Protestos na França mostram sinais de esfriamento – CBS News Assista as…

“Peixe mais profundo do mundo” capturado pela câmera pela primeira vez por cientistas – mais de 27.000 pés abaixo da superfície

Uma grande iniciativa de pesquisa para explorar criaturas do fundo do mar…

Relembrando o jornalista assassinado George Polk

Relembrando o jornalista assassinado da CBS, George Polk Relembrando o jornalista assassinado…

Veja: Como estão a ser gastos os fundos da UE e se é suficientemente transparente?

Nesta edição de Bruxelas, meu amor?, discutimos tudo sobre o dinheiro da…

8 detidos em ataques antiterroristas de âmbito nacional na Bélgica

Bruxelas — Policiais da Bélgica prenderam oito pessoas durante operações de contraterrorismo…

Enviado de Biden para o Irã de licença, diz que sua “autorização de segurança está sob revisão”

ARQUIVO: Robert Malley, enviado especial do governo Biden para o Irã, espera…